Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

Uma jovem de 25 anos morreu atropelada no início da noite desta quinta-feira (8) no bairro Jardim Botânico, em Curitiba. Viviane Gonçalves Moreira atravessava a canaleta da avenida Presidente Affonso Camargo, ao lado do irmão, quando foi atropelada pelo ligeirinho Pinhais/Campo Comprido. Ela morreu na hora.

De acordo com testemunhas, os dois irmãos atravessaram distraídos a canaleta e não viram o ligeirinho, que seguia sentido Centro de Curitiba. Os dois moravam em Pinhais, na região metropolitana, e tinham acabado de sair do Hospital Cajuru para um tratamento dentário do irmão.

O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas ela já estava morta, como explica o cabo Cordeiro, do Corpo de Bombeiros. “O deslocamento foi bastante rápido, mas mesmo assim não adiantou porque quando chegamos ela já estava em óbito. As lesões foram muito graves”, disse o cabo, em entrevista à Banda B.

De acordo com a Polícia Militar (PM), Viviane foi atingida por estar um passo a frente do irmão. O motorista do ligeirinho e os passageiros ficaram bastante abalados. O irmão precisou de atendimento médico até a chegada dos familiares. O corpo dela foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.