Da Redação com G1 Paraná

gravida-1

Reprodução

O irmão da jovem Thaysa Vilas Boas, que levou um tiro na cabeça e perdeu o bebê pelo qual estava grávida, foi preso nesta quinta-feira (18), suspeito pelo crime ocorrido em Tapejara, no noroeste do estado. Segundo a Polícia Civil, Danilo Emanuel Vilas Boas, de 24 anos, é suspeito de ter atirado na própria irmã, que na época estava grávida de 7 meses.

De acordo com o Portal G1 Paraná, Thaysa estava em casa se preparando para ir a uma consulta do pré-natal quando foi atingida por um tiro na cabeça. A jovem foi levada para o pronto-atendimento municipal, e depois transferida para o hospital Norospar em Umuarama, onde segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em coma até esta sexta-feira (19).

De acordo com o delegado da Polícia Civil Gabriel dos Santos Menezes, Danilo Vilas Boas é usuário de drogas e é conhecido no meio policial por estar envolvido com o tráfico de drogas.

Leia a reportagem completa clicando aqui.