Por Marina Sequinel

(Foto: Reprodução/Facebook)

“O amor entre mãe e filho é maior que tudo”. É o que acredita o jogador do sub 20 do Paraná Clube, Wilson Cavalheiro Filho, de 18 anos. Ele resolveu raspar parte da cabeça para homenagear a mãe, que precisou levar mais de 30 pontos na região após sofrer uma queda em uma cachoeira.

O caso aconteceu no último domingo (19) em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. “A minha mãe foi com as amigas até uma cachoeira para passar o dia. Quando foi pegar um menino que estava brincando para levar para baixo, acabou escorregando na pedra lisa e caiu, de uma altura de dois metros. Com o impacto, ela abriu a cabeça”, contou Wilson em entrevista à Banda B na tarde desta quarta-feira (22).

Segundo ele, os médicos disseram que ela sobreviveu por um milagre. “Eles explicaram que no local do ferimento há uma artéria bem importante e precisaram raspar o cabelo dela ali para fazer os pontos. Foi um susto muito grande para toda a família”, completou.

Para homenagear a mãe, Eliana Aparecida Lorbiete, e agradecer por ela estar viva e se recuperando, o jovem decidiu deixar o cabelo parecido com o dela. Os amigos até se surpreenderam com a atitude do rapaz, por ele ser vaidoso. “Eu gosto do meu cabelo… Mas acho que o amor de um filho para a mãe é maior que muita coisa. Eu quero vê-la forte, fiz isso por ela”.

A família, moradora de Almirante Tamandaré, agora acompanha a recuperação de Eliana, que está em casa e passa bem. O atacante Wilson é jogador da base há três anos e foi o autor do gol que levou o time para os pênaltis na final do Campeonato Paranaense sub 17, quando o Paraná foi campeão.

Confira abaixo a homenagem feita pelo atleta nas redes sociais: