Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Foto: Blog do Lobão

Foto: Blog do Lobão

Uma investigadora da Delegacia da Mulher morreu e outra ficou gravemente ferida após uma colisão frontal envolvendo uma viatura descaracterizada da Polícia Civil e uma ambulância no começo da manhã deste sábado (23) no quilômetro 173 da BR-116, em Quitandinha, na região metropolitana de Curitiba.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a investigadora Kelly Freitas era passageira da viatura e chegou a ser socorrida pelo Grupamento Aeropolicial de Resgate Aéreo (Graer). No Hospital do Trabalhador ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

A motorista da viatura e os três passageiros da ambulância também foram socorridos e passam bem.

Equipes da concessionária Autopista Planalto Sul estiveram no local para o socorro das vítimas. O corpo de Kelly foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) e o Departamento da Polícia Civil (DPC) lamentou o trágico acidente ocorrido na manhã deste sábado com as investigadoras Kelly de Freitas, 32 anos, e Laine de Cássia Fernandes Dias, 50 anos, enquanto se deslocavam para trabalhar num evento na cidade de Rio Negro. A Sesp e o DPC solidarizam-se e colocam-se à disposição dos familiares.