Internautas frequentadores do d’O Torto Bar, que fica localizado no bairro São Francisco em Curitiba, se mobilizam na rede social Facebook para realizar um abraço coletivo ao estabelecimento no começo da noite desta quinta-feira (28). O bar é vítima de ação civil pública da Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente do Ministério Público que quer impedir a realização de eventos culturais, dente eles a chamada Quadra Cultural.

O evento já conta com mais de 700 pessoas confirmadas na rede social para tentar impedir que a festa seja proibida. “O Torto Bar e o São Francisco precisam de você. Venha conosco neste ato simbólico de abraço ao estabelecimento que irradia vida na esquina da Paula Gomes com a Duque de Caxias!”, diz a descrição.

Em setembro do ano passado, a Promotoria recebeu informações da Polícia Militar, que, através da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), fiscalizou o ambiente e apontou conduta irregular, devido a barulho excessivo, além de favorecer a aglomeração de pessoas no local, o que perturba o sossego dos moradores. “Os freqüentadores fazem uso de bebidas e drogas no local, causando perturbação do sossego alheio”, relatou a AIFU. A fiscalização da AIFU foi mencionada na ação, assinada pelo promotor de Justiça Sérgio Luiz Cordoni.

Moradores da região fizeram abaixo-assinado, com cerca de 130 assinaturas, pedindo a mudança do evento para outra região.

A Promotoria pede a interdição do bar, com imposição de multa diária a ser estabelecida pela Justiça em caso de descumprimento. A ação civil pública, ajuizada no dia 22 de fevereiro, aguarda decisão judicial na 2ª Vara da Fazenda Pública da Capital.