Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

eletroluxdentro18092013 2

Seguranças estão precisando usar máscaras (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

O dia seguinte ao incêndio que assustou a população de Curitiba e destruiu um depósito da empresa de eletrodomésticos Electrolux, no bairro Tatuquara, já começou com muito trabalho para o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil. Em entrevista à Banda B na manhã desta quarta-feira (18) o coordenador técnico da Defesa Civil de Curitiba, inspetor João Batista, explicou que não houve tempo nem para dormir aos profissionais responsáveis pelo combate as chamas.

“Passamos a noite aqui junto com os bombeiros para monitorar a situação. O fogo diminuiu consideravelmente, mas ainda há focos de incêndio. Apenas depois de tudo estar controlado serão feitos os trabalhos de rescaldo e varredura. Acredito que tudo isto irá demorar mais pelo menos dois dias”, afirmou o inspeto à Banda B.

eletroluxdentro18092013

Fumaça já é bem menor nesta quarta-feira (18) (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Segundo ele, durante a tarde de ontem foi feito um intenso trabalho para atender as cercas de 30 mil pessoas afetadas pelo incêndio. “Pedimos a evacuação de algumas residências, embora moradores tenham voltado durante a noite depois que a fumaça começou a se dissipar. É importante que a população fique atenta com relação à pneumonia química, causada pela inalação da fumaça, caso apareça algum sintoma a recomendação é procurar ajuda médica com urgência”, destacou João Batista.

Para concluir, o coordenador da Defesa Civil confirmou que o trabalho do órgão e dos bombeiros no depósito deve terminar somente na quinta-feira (19). “Ficaremos aqui hoje e também amanhã. Depois disto, a situação deve ser controlada”, finalizou.

Aulas canceladas

Todas as unidades educacionais da Prefeitura (escolas e CMEIs) nos bairros Tatuquara, Moradias da Ordem e Rio Bonito, além de duas unidades na Cidade Industrial, ficarão fechadas nesta quarta-feira (18), para evitar que crianças e profissionais da educação sejam expostos ao risco de inalação da fumaça proveniente do incêndio que atinge o depósito da empresa Electrolux. A Unidade de Saúde Moradias da Ordem, no Tatuquara, também permanece fechada até quarta-feira, assim como três Armazéns da Família. A paralisação das atividades foi orientada pela Defesa Civil do Município.

Listas das unidades com dispensa de crianças/alunos:

CEI Brilho do Sol

CEI Raio do Sol

CMEI Vó Anna

CMEI Moradias da Ordem

CMEI Saanta Rita

CMEI Dalagassa

Escola Municipal Newton Borges

Escola Municipal Leonel Brizola

Escola municipal Margarida Dalagassa

Escola Municipal Érica Plewca

Escola Municipal Darcy Ribeiro

Escola Municipal Dona Pompília

Escola Municipal Álvaro Borges

CMEI Vitória Régia

 Notícia Relacionada:

Moradores que acordaram desavisados acharam que incêndio era o ‘Fim do Mundo’

Saúde registra 120 atendimentos por inalação de fumaça de incêndio na Electrolux