Da Redação com Catve

Uma idosa de 70 anos era agredida pela própria cuidadora em Cascavel, no oeste do Paraná. A mulher que trabalhava na residência há um ano foi flagrada por câmeras batendo na idosa que tem a saúde debilitada. Solaniely Aparecida Magalhães, de 28 anos, foi detida na casa por policiais Grupo de Diligências Especiais.

idosacascavel

Foto: Reprodução Cascavel

O marido da idosa desconfiou da cuidadora após ver hematomas na mulher. A suspeita também estava apresentando um comportamento agressivo, por isso o homem instalou as câmeras e na primeira vez que saiu de casa deixando as duas sozinhas, já flagrou as agressões.

Nas imagens a mulher aparece batendo na cabeça da vítima diversas vezes e chega a empurrar uma colher com comida na boca da vítima. Ela também puxa os braços da idosa para “acomodá-la” em um sofá.

O marido demitiu a cuidadora, e no dia 18 de março registrou um Boletim de Ocorrência de lesão corporal. A Polícia Civil abriu inquérito e foi expedida ordem de serviço para que a suspeita fosse localizada para prestar depoimento. “Na data de hoje, investigadores do GDE localizaram a acusada, ela foi conduzida à 15ª SDP e confessou ter agredido, uma única vez, a idosa”, relatou o delegado Edgar Santana.

A polícia acredita que a suspeita tenha batido mais vezes na mulher. Após o depoimento ela foi liberada, já que não houve flagrante. Porém o delegado afirma que ela não tem condições de conviver em sociedade.

“Agora a Polícia Civil vai coletar mais dados e representar pela prisão preventiva. Acreditamos que pessoas como essa não tem as mínimas condições de conviver em sociedade”.