Redação com assessoria

Após forte mobilização da categoria bancária em todo o país, com paralisação nos Centros Administrativos e em agências de Curitiba, além do fechamento de diversas unidades no interior do Paraná e em outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso, em reunião realizada nesta quinta-feira (13), em São Paulo, o HSBC suspendeu as demissões de funcionários enquanto durarem as negociações.

Com a suspensão das demissões, o Sindicato dos Bancários de Curitiba e região suspende também, nesta sexta-feira, 14 de novembro, a paralisação nas agências e Centros Administrativos do HSBC na capital paranaense. As unidades devem funcionar normalmente.

Na reunião os representantes do banco afirmaram para os dirigentes sindicais que não existe intenção de cortar 20% do quadro de funcionários, nem substituir bancários por terceirizados. Eles também negaram os boatos de que o HSBC cogita deixar o Brasil.

A reunião entre o HSBC, a Contraf-CUT e os Sindicatos de Bancários de Curitiba e São Paulo continua hoje (14), as 11h, em São Paulo.

Mais informações em breve.