Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

dfrv

Homem foi morto ao lado da delegacia. Foto: DB/Banda B

Um homem foi morto na madrugada desta quarta-feira (30) tentando de passar objetos para presos da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), no bairro Vila Izabel, em Curitiba. Pedro Valdir dos Santos, 41 anos, carregava uma sacola com três celulares, drogas e também um revólver calibre 38. Os objetos seriam passados com a ajuda de uma corda. Ele não acatou a voz de prisão.

Os policiais de plantão notaram uma movimentação estranha, barulhos e, então, por meio da câmera de segurança, notaram que algo acontecia do lado de fora da delegacia. Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito estava ao lado da delegacia quando foi abordado pelos policiais pouco depois da meia-noite. O homem foi atingido por um tiro no pescoço quando tentava reagir. Ele já tinha passagens por tráfico de drogas. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas a vítima já estava morta.

Para o delegado-chefe da DFRV, Cassiano Aufiero, a ação reforça a importância de não realizar atendimentos noturnos na delegacia. “Ele ofereceu resistência e sacou uma arma e a equipe precisou revidar. Depois vimos uma corda que seria passada todos esses objetos. Com uma arma lá dentro já não sabemos o que poderia acontecer. Foi uma ótima intervenção da polícia. Isso mostra, mais uma vez, que a atitude de não confeccionar boletins de ocorrências no período noturno foi certeiro com essa superlotação”

A DFRV tem capacidade para 30 presos hoje abriga quase 190. O corpo do homem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Grande Curitiba

Um homem identificado como Valmor Verones, de 41 anos, morreu depois de trocar tiros com policias militares do BOPE, na rua Divonzir Luciano, no Jardim Independência em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O confronto aconteceu por volta das 23 horas desta terça-feira (29)e, segundo informações da Polícia Militar, os policias foram surpreendidos por disparos de arma de fogo durante um patrulhamento. Um outro homem que estava na companhia de Verones conseguiu fugir. Com a vítima, a polícia encontrou uma pistola 380.