Do Diário dos Campos

 

POLICIA CIVIL

Foto: Fábio Matevelli

A Polícia Civil cumpriu, ontem à tarde, mandado de prisão preventiva contra um homem de 55 anos, acusado de atentar contra a vida da ex-esposa e da filha, uma adolescente de 12 anos. O crime aconteceu semana passada, em Ponta Grossa, e ele foi preso em Manoel Ribas. A ação foi comandada pela Delegacia da Mulher de Ponta Grossa e contou com o apoio de policiais daquele município.

Segundo a delegada Cláudia Krüger, João Santos de Jesus invadiu a casa da ex-mulher e, de posse de uma faca, efetuou vários golpes contra ela. A filha do casal foi tentar defender a mãe e também foi ferida. “A facada transfixou o braço da menina”, disse a autoridade. Depois do crime, João fugiu para um sítio em Manoel Ribas.

De acordo com Cláudia, a ex-mulher de João já havia registrado queixa contra ele por violência doméstica depois da separação. Durante as investigações, a delegada solicitou medida protetiva para a mulher, o que determinou o afastamento do ex-marido. “Ao invadir a casa, pior ainda, durante a noite, ele desobedeceu a uma ordem judicial. Além disso, teve os esfaqueamentos e ele também mordeu as mãos da mulher. É uma situação muito grave”, expôs.

Para ler a matéria completa no Diário de Campos clique aqui.