Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Um homem morreu atropelado na BR-116 em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Cristian Baptista da Silva estava no quilômetro 127 quando foi atingido por um Ford Ka, que seguia na pista sentido Curitiba. A motorista parou e prestou atendimento à vítima, mas Silva morreu na hora.

O atropelamento aconteceu por volta das 19 horas. De acordo com informações de testemunhas, o homem andava pela rodovia, na pista sentido Curitiba, quando um veículo conseguiu desviar da vítima, mas o carro que vinha logo atrás não conseguir desviar e atingiu a vítima.

A motorista do veículo Ford Ka parou e prestou atendimento à vítima. Uma equipe da concessionária Planalto Sul foi até o local tentou socorrer a vítima, mas ele morreu na hora. De acordo com o policial rodoviário federal Negrão, a vítima levava no bolso da calça um atestado médico de um hospital de Piraquara.

“Foi feito teste do bafômetro na motorista e deu negativo. Ela colaborou com todos os procedimentos. Às vezes, alguns acidentes são inevitáveis mesmo, na rodovia, sem luz. O rapaz estava com um atestado no bolso e isso ajudou na identificação”, contou. O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e aguarda a identificação oficial.