Da Polícia Civil

suspeitop

(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Uma equipe de investigadores da 15.ª Subdivisão Policial de Cascavel trafegou por aproximadamente 150 quilômetros até chegar ao esconderijo, na zona rural de Laranjeiras do Sul, do homem acusado de violentar sexualmente um menino de apenas 7 anos de idade. Arlindo Kuntz, 47, foi encontrado nesta quinta-feira, 03 de outubro, em um local conhecido como Linha Campo do Bugre. Ao ser surpreendido pelos investigadores, o acusado recebeu voz de prisão. O mandado foi expedido pela Justiça dois dias antes.

De acordo com o delegado Edgar Dias Santana, que coordenou as investigações, em meados de setembro chegou ao conhecimento da autoridade policial um suposto caso de estupro de vulnerável. A mãe de um menino de 7 anos contou que deixava o filho na casa de uma vizinha, quando saía para o trabalho. Arlindo é marido desta vizinha e, segundo o que foi apurado pela polícia, ele teria abusado sexualmente da criança.

Santana informou ainda que vários depoimentos foram colhidos e o garoto submetido a exames no Instituto Médico Legal. “As provas acarreadas no inquérito são contundentes; ademais, ao tomar conhecimento de que o caso seria levado à polícia, o principal acusado decidiu fugir”, explica o delegado.

Arlindo Kuntz foi removido a Cascavel e colocado à disposição da Justiça.