Inconformado com a separação, Fabrício Alexandre do Rosário, de 34 anos, perseguiu a moto em que estavam sua ex-mulher e o namorado dela e atropelou o casal com seu carro no sábado, 28, em Itu, no interior de São Paulo. Ao ver que a jovem ainda estava viva, parou o carro, voltou a pé e chutou várias vezes a cabeça dela. Depois fugiu.

A jovem Dayanne de Medeiros, de 22, foi levada com ferimentos para a Santa Casa de Itu e já recebeu alta. O namorado dela, o coletor de lixo Edson Wesley Ribeiro, de 24, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

(Foto: Reprodução)

Toda a violência foi flagrada por uma câmera de monitoramento. O suspeito teve a prisão preventiva decretada na manhã desta segunda-feira, 30. Ele continua foragido.

O crime aconteceu no Parque São Camilo, na periferia da cidade. Moradores viram a moto ser atingida por um carro em alta velocidade e pensaram tratar-se de acidente. Logo depois, o condutor parou e, em vez de socorrer as vítimas, xingou a jovem que estava caída e começou a chutar sua cabeça. Ele só parou porque as testemunhas correram até o local.

Depois de ouvir o relato das testemunhas, a Polícia Civil requisitou imagens de uma câmera instalada em um imóvel e decidiu enquadrar o autor do atropelamento por homicídio doloso e tentativa de homicídio.

À polícia, Dayanne contou que vinha sendo ameaçada desde que se separou do ex-companheiro há quatro meses. Ela conviveu três anos com o suspeito. No sábado, ela viu o carro de Fabrício e pediu para o namorado acelerar. O ex-marido foi atrás, iniciando a perseguição. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito já tem passagens por roubo e tráfico de drogas.