Da Redação com Agora Litoral

Vítima foi executada a tiros após se encostar em veículo (Foto: Reprodução Facebook)

Um assassinato por motivo banal aconteceu na noite desta segunda-feira (27) na Vila São Jorge, em Paranaguá, Litoral do Paraná. Nelson Alves, o Nelsinho, de 33 anos, morador na colônia Santa Rita, teria sido morto, segundo testemunhas, simplesmente porque o dono de uma caminhonete não gostou de vê-lo encostado no veículo.

O autor do disparo, identificado até agora como “João”, seria proprietário de um bar que, nos finais de semana, se transforma em bailão. Ainda de acordo com testemunhas, João teria saído do interior do bar, acompanhado dos dois filhos, e ordenado que Nelsinho e outras pessoas desencostassem da sua caminhonete.

O assassino não teria dado tempo dos homens desencostarem do veículo e disparado um tiro contra a cabeça de Nelsinho, fugindo em seguida. A Polícia Militar (PM) foi acionada, chegou a procurar João e os filhos em sua residência, mas não encontrou nenhum deles. Nelson Alves foi levado ao Hospital Regional, porém não resistiu ao ferimento.