Da Redação

A história de Paulo Roberto Pinheiro, um taxista de Curitiba, não para de ser compartilhada nas redes sociais. Ele enfrentou uma verdadeira saga para devolver o celular de um cliente que havia deixado o aparelho cair dentro do veículo.

paulo-taxista2

(Foto: Reprodução/Facebook)

Nesta terça-feira (27), a página da prefeitura da cidade fez uma publicação em homenagem ao taxista. “Parabéns, Paulo! Curitiba precisa de mais atitudes como a sua”, diz a mensagem.

Tudo começou na noite da última sexta (23), quando Rodrigo Nickel precisou pegar um táxi para ir à farmácia. “Mesmo doente, o papo estava tão interessante que eles ficaram conversando 10 minutos na frente de sua casa. Entretido, ele não reparou que esqueceu o celular dentro do carro”, conta o post.

Paulo só foi perceber que o aparelho estava no táxi no dia seguinte e começou a jornada em busca do dono. Primeiro, conseguiu um carregador compatível para carregar o celular e descobrir quem era o dono.

Enquanto isso, Rodrigo tentava de tudo: ligar para o aparelho, rastreá-lo por aplicativos, entrar em contato com as centrais de táxis, mas nada deu certo. Foi quando a ação de Paulo encontrou a de Rodrigo: o dono ligou uma última vez e, já com a bateria carregada, a esposa do taxista conseguiu atender.

Ao sair do aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, rumo ao Centro de Curitiba, Paulo parou na casa de Rodrigo para devolver o celular. O taxista fez questão de não cobrar a corrida e o dono do aparelho retribuiu postando uma foto dele no Facebook.

Em poucos dias, a imagem rodou a internet e Paulo foi bombardeado com elogios. Na página da prefeitura, uma internauta escreveu “Achei linda a atitude dele, mas não devia ser algo excepcional. É muito triste que a gente precise exaltar atitudes com essa de tão raras que são”. “Que essa tamanha repercussão desse caso não seja apenas passageira e que essa semente da boa índole brote na consciência e coração de cada um!”, comentou Rodrigo na publicação.