Da Redação com Época

Foto: Reprodução Facebook

Hackers invadiram o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), na noite desta segunda-feira (30), e alteraram o curso de aprovados em universidades públicas. De acordo com o blog Expresso, da Revista Época, uma das vítimas foi uma aluna que tirou nota máxima na Redação, que teve o curso modificado de Medicina para Produção de Cachaça.

Tereza Gayoso, de 23 anos, pretendia cursar medicina, mas soube nesta terça que acabou inscrita em Produção de Cachaça, no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, em Salinas. “Eu não consigo acreditar que fizeram essa ruindade comigo”, disse à Época.

Leia a matéria completa clicando aqui.