Redação com informações do Portal Bonde, de Londrina

Guarda matou duas pessoas e deixou três feridas – Foto: catve

A ação fora de controle de um guarda municipal de Londrina, Norte do Paraná, chocou a cidade e deixou duas pessoas mortas e três feridas nesta segunda-feira (3). Em dois momentos diferentes, o guarda, que ainda não teve o nome divulgado, matou uma mulher de 34 anos e, na sequência, tirou a vida de um adolescente de 16.

De acordo com o Portal Bonde, a primeira situação foi registrada no período da tarde, quando o guarda matou a sócia de uma de suas ex-esposas, na rua Santiago, no Jardim Guanabara, zona sul da cidade. Ele teria ido ao local à procura de uma de suas ex-esposas. Ela não estava e ele matou a sócia dela, identificada como Ana Regina do Nascimento Ferreira, de 34 anos. A mulher foi morta com três disparos de pistola, sendo um no rosto, um na mão e outro no peito.

Após matar Ana Regina, o guarda roubou o carro dela e seguiu para o Jardim Leonor, também na zona oeste da cidade, onde cometeu outros crimes já no início da noite.Ele foi até uma casa localizada na rua Figueira, e atirou contra quatro pessoas da mesma família. De acordo com o Corpo de Bombeiros, se tratava da mãe, pai, avô e filho de outra ex-mulher. O filho desta mulher, de 16 anos, morreu ainda no local. Os demais foram encaminhados para hospitais da cidade. Em seguida, o GM teria roubado outro veículo: um Peugeot. E segue foragido.

Segundo a polícia, o guarda chegou a conversar com outros colegas e teria informado que pensava em tirar sua própria vida. Mas até o momento, não há novas informações sobre o caso. A Polícia Civil investiga o caso.