O grupo de ‘Defensores de Animais Abandonados de Curitiba’, que mantém uma página no facebook para denunciar crimes contra animais na capital paranaense, entrou em contato com a Banda B nesta quarta-feira (27) para fazer uma denúncia. Eles querem punição a um motorista de ônibus do Interbairros II que atropelou cerca de 20 cachorros (dois morreram) no Terminal do Hauer, na tarde da última sexta-feira (22).

Facebook
Grupo pede providências à URBS

Segundo Lilica (ela pediu para ser identificada assim), uma das idealizadoras do grupo, o condutor passou de propósito por cima dos cachorros e teria, de acordo com ela, “saindo sorrindo depois do que fez”. Por sua vez, a URBS garantiu que não foi um atropelamento proposital e que o motorista inclusive parou o coletivo depois do que aconteceu.

Lilica disse à Banda B que logo depois do atropelamento foi ao Terminal do Hauer para ver o que tinha acontecido. “Cheguei lá 20 minutos depois e conversei com várias testemunhas que ainda estavam em choque. Todas elas me garantiram que este motorista viu os animais e os atropelou de propósito. Dois morreram e um terceiro teve a pata quebrada. Queremos providências, porque quem faz isto com um cão pode amanhã fazer com uma criança”, protestou ela.

Defesa

A assessoria de imprensa da URBS informou que o motorista, ao perceber que atropelou os cachorros, parou o ônibus para ver o que tinha acontecido. A empresa destacou também que no momento do caso havia uma ninhada grande de cerca de 20 cães e que três foram atingidos. Estes animais, de acordo com a URBS, estavam debaixo do ônibus e o motorista não os tinha visto. Foi ressaltado também que a URBS segue apurando o caso.

Manifestação

A idealizadora do grupo ‘Defensores de Animais de Curitiba’ prometeu uma manifestação no Terminal do Hauer, no próximo sábado, para protestar contra o que aconteceu. “Nós defendemos animais e queremos que algo seja feito. Isto não pode se repetir. Quem quiser fazer denúncias, deixamos nosso email para contato: defensoresdosanimais2013@gmail.com”.

A manifestação está marcada para começar às 9h e, de acordo com os organizadores, dezenas de pessoas já confirmaram presença.