A brutalidade em um crime por causa de uma briga no trânsito causou espanto na Polícia Militar (PM) de Araucária na madrugada deste sábado (23). Depois de uma colisão entre dois veículos na rua Maria Rosa Cornelsen, na região da Capela Velha, um grupo agrediu até a morte um dos motoristas e ainda ‘marcou o território’ urinando em cima do veículo da vítima. Moradores próximos ao local testemunharam toda a ação do grupo agressor.

A colisão aconteceu por volta das 4 horas da madrugada. O motorista Elton Lopes da Silva, 27 anos, dirigia um veículo Fiat Uno quando se envolveu em uma colisão com o veículo Ford Escort. Não há informações sobre como aconteceu a colisão, no entanto, assim que ouviram a discussão, vizinhos viram quatro homens saindo do veículo Ford Escort e indo para cima de Elton. A vítima tentou correr, mas foi alcançado pelo quarteto que começou a agressão. Minutos depois, outro carro parou e mais seis homens desceram para ‘ajudar’ o quarteto nas agressões.

Elton levou socos, pontapés, pedradas e morreu no meio da rua. Testemunhas disseram que a ação não durou mais do que dez minutos e o grupo foi embora com os mesmos carros. Familiares do rapaz logo aparecerem no local e, inconformados, disseram que ele era uma pessoa tranquila. A PM confirmou que a vítima não tinha passagens pela polícia.

“Uma covardia, dez pessoas contra uma. Agora a Polícia Civil que vai investigar espera prender estes homens que agiram de maneira tão brutal e banal”, disse o tenente Gantze em entrevista à Banda B.

O Instituto de Criminalística foi acionado e detectou que pessoas teriam urinado em cima do carro da vítima. Vizinhos confirmam que viram o grupo próximo ao carro Fiat Uno antes de ir embora. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a Delegacia de Araucária investiga o caso.