Por Marina Sequinel

Estátua estava instalada na Vilinha do Bairro Alto. (Foto: Divulgação)

Os moradores do Bairro Alto, em Curitiba, estão revoltados com a transferência da estátua do Cacique Tindiquera da vilinha da região para a Praça Tiradentes, no Centro. A instalação aconteceu na manhã desta quarta-feira (29), em uma das ações em comemoração ao aniversário da cidade. A prefeitura alegou, no entanto, que a alteração só durará até que uma réplica seja feita para substituir a obra, enquanto que a original voltará para o bairro.

Segundo a advogada Daiane Dallarosa, que não concordou com a mudança, a estátua é um patrimônio histórico da região. “Ela estava lá por um motivo, era um marco para nós. Mas ontem foi o aniversário de Curitiba e a escultura simplesmente sumiu. Quando nós vimos a página do prefeito no Facebook, descobrimos que eles haviam feito a transferência para o Centro”, disse ela em entrevista à Banda B.

A moradora defende que, se a intenção era dar mais visibilidade à estátua, a prefeitura poderia ter instalado uma réplica na Praça Tiradentes. “Além de a gente não ter investimento no bairro, eles ainda retiram o que tem? Muita gente se revoltou aqui, nós queremos a original, não vamos aceitar uma imitação. Antes, nós levávamos o nosso filho para passear ali, explicava a história, mas agora não temos mais isso”, completou Daiane.

Na página do prefeito Rafael Greca (PMN) no Facebook, outras pessoas se mostraram indignadas com a retirada da estátua do bairro. “Prefeito, você esqueceu de dizer que retirou essa estátua do Bairro Alto onde ela tinha fundamento para a história de Curitiba. Essa estátua no Centro de não tem objetivo nenhum”, escreveu uma moradora. “Que feio, prefeito. Simplesmente vieram aqui no Bairro Alto, pegaram a estátua que é nossa, levaram para frente da Catedral e fica por isso. Devolvam nossa estátua. É dos moradores, é do bairro”, disse outro.

Outro lado

De acordo com a administradora da regional Boa Vista, Janaína Lopes Gehr, a estátua foi retirada da Vilinha para ser restaurada e instalada no Centro apenas para as festividades do aniversário da cidade. “A lenda diz que o cacique Tindiquera apontou a Praça Tiradentes como o marco zero de Curitiba e, por isso, a escultura foi transferida para lá, mas só até se faça uma réplica para substituí-la. Depois, a original voltará para a o Bairro Alto”, declarou.

A réplica também será confeccionada pelo escultor Elvo Benito Damo no Centro de Criatividade do Parque São Lourenço.