Da Redação

Foto dos menores foi publicada no Facebook de Greca. (Foto: Reprodução)

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) vai investigar se o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), violou o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). No último sábado (28), ele publicou no Facebook a foto de menores apreendidos durante a operação “Balada Protegida”.

O ECA proíbe a divulgação de imagens de crianças e adolescentes suspeitos de terem cometido atos infracionais. Segundo nota do MP-PR, o material publicado por Greca foi encaminhado à Promotoria Especializada da Vara da Infância, que vai instaurar um procedimento para avaliar se houve ou não violação do Estatuto.

Uma foto publicada mostra três pessoas em uma viatura, suspeitas de realizar um assalto. Em outra, o trio está ajoelhado na rua. Após a divulgação do caso na imprensa, as imagens foram apagadas do perfil do prefeito.

Em nota, a assessoria afirmou que Greca lamenta a divulgação das fotos, que foram recebidas “sem a devida orientação de que se tratavam de menores”. Confira o texto na íntegra abaixo:

O prefeito Rafael Greca lamenta a divulgação das fotos dos adolescentes que foram apreendidos pela Guarda Municipal, em flagrante, por assalto a um carro. O prefeito recebeu as fotos sem a devida orientação de que se tratavam de menores. Logo que foi comunicado as fotos foram retiradas do ar. A Guarda Municipal abriu um processo administrativo para apurar o fato e tomar as devidas providências. Além disso, foi repassado determinações sobre publicações em redes sociais. Fotos de pessoas presas pela Guarda Municipal não serão mais publicadas.