Da Redação

(Foto: Cesar Brustolin/SMCS/Arquivo)

Junto com o reajuste da passagem de ônibus, a gestão de Rafael Greca (PMN) também anunciou que a tarifa domingueira será cancelada a partir da próxima semana. Isso significa que o valor passará a ser o mesmo praticado durante os dias úteis, de R$ 4,25.

Antes do aumento, quem usava o transporte coletivo aos domingos precisava desembolsar R$ 2,50 – uma diferença de R$ 1,75. A tarifa domingueira foi criada em 2005, custando R$ 1, pelo então prefeito Beto Richa.

Segundo a prefeitura, o reajuste é necessário para “recompor o equilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte público e permitir a retomada de investimentos que tragam melhorias para os passageiros”.

O presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), José Antonio Andreguetto, afirmou que a tarifa praticada hoje não cobre os custos do sistema. “Isso provocou transtornos aos passageiros, que sofriam com as constantes paralisações de motoristas e cobradores em função do atraso nos repasses financeiros pelas empresas”.