O governador Beto Richa e executivos da Concessionária CCR RodoNorte, responsável pela BR-376, anunciam na próxima quinta-feira (7) o início da duplicação da rodovia no trecho entre Ponta Grossa e Apucarana. O evento de lançamento das obras será realizado no Trevo do Caetano, em Ponta Grossa.

O projeto de duplicação da estrada foi negociado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) e a concessionária.

O plano que será detalhado pelas duas partes prevê obras no sentido Norte (Ponta Grossa-Apucarana) e também no sentido Sul, a partir de Apucarana. Outra obra prevista no acordo é a construção do viaduto na PR-151, em Jaguariaíva.

Inaugurada em 1965, a Rodovia do Café, como ficou conhecida a estrada, tem 244 quilômetros sob concessão da Rodonorte. Deste total, 13 quilômetros já foram duplicados na Serra do Cadeado.

Diálogo

O governador Beto Richa afirma que o Estado negocia outras obras com as concessionárias de pedágio. “Já avançamos muito nesse setor. Chamamos as concessionárias para o diálogo e estamos fazendo prevalecer o interesse público”, afirmou.

Richa citou investimentos que já estão sendo feitos pelas empresas, como a duplicação da BR-277 entre Matelândia e Medianeira; a duplicação entre Jandaia do Sul e Apucarana; e a construção dos contornos de Campo Largo e de Mandaguari. No total, as concessionárias investem R$ 250 milhões em obras de duplicação em todo o Estado.