Da AEN

O governador Beto Richa confirmou nesta quinta-feira (22) que o governo estadual irá bancar o projeto de um Parque Linear às margens do Rio Iguaçu, em União da Vitória. O parque cobrirá quase toda a região ribeirinha da cidade e prevê áreas de lazer, recreação e cultural. O investimento será de R$ 13 milhões.

O anúncio foi feito pelo governador durante jantar com mais de dois mil moradores de União da Vitória, no Centro de Tradições Gaúchas. Richa confirmou, ainda, recursos para obras de ampliação e reforma de escolas estaduais e repasse de verbas e equipamentos para hospitais. Também foi assinada a renovação de contrato da Sanepar. Foi entregue um micro-ônibus adaptado para a APAE de União da Vitória e mais 12 veículos para os escritórios da Emater em municípios da região.

O governador afirmou que as obras anunciadas são de grande porte e trarão mais qualidade de vida à população. “Investimentos em todas as áreas da administração, respondendo aos anseios do povo daqui de União da Vitória. Sigo o exemplo de meu pai, que sempre teve carinho especial por União da Vitória”, disse Richa.

O prefeito Pedro Ivo Ilkiv comemorou o anúncio de grandes investimentos. “O governador Beto Richa sabe da importância desses investimentos. Temos um relacionamento harmonioso e procuramos sempre buscar essa força conjunta no sentido de fazer o melhor pela população”, ressaltou.

Participaram do encontro o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni; os deputados estaduais Ademar Traiano e Bernardo Ribas Carli; o vice-prefeito de União da Vitória, Jair Brugnano, além do secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara; o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer; o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, e o presidente da Compagas, Luciano Pizzato.

PARQUE LINEAR – O Parque será instalado entre a Uniguaçu (na zona leste) e a ponte Domício Scaramella (na zona oeste), cobrindo quase toda a região ribeirinha de União da Vitória. “Vai mudar União da Vitória. O projeto está orçado em R$ 13 milhões, e vamos fazer”, assegurou Richa.

O projeto prevê pistas de caminhada e de skate, quiosques com churrasqueiras, academia ao ar livre e diversos parques em sua extensão. Um deles é o Parque dos Tropeiros, que terá caráter histórico e cultural. Outro projeto é a instalação de um mirante próximo à ponte Manoel Ribas (Ponte do Arco), local turístico da cidade.

O prefeito Pedro Ivo lembrou que o parque também possui dois papéis sociais importantes. O primeiro é por proteger uma área exposta à ocupação irregular. “O segundo é que iremos realocar as pessoas que estão vivendo nesta área, dando oportunidade da casa própria e de uma vida melhor”, afirmou. A área localizada ao norte da cidade por onde passa o Rio Iguaçu, constantemente sofre por enchentes.

Em fevereiro deste ano, 50 famílias que viviam à beira do Iguaçu foram realocadas no Residencial Vila Coradin, com casas construídas pela Cohapar. As moradias foram 100% subsidiadas, sem qualquer custo para as famílias. Foram investidos mais de R$ 1 milhão no projeto, parceria entre a Cohapar, Secretaria da Família e Desenvolvimento Social e prefeitura de União da Vitória. Após a realocação dessas famílias, foi dada sequência ao projeto do Parque Linear.

SANEAMENTO – O governador Beto Richa e a diretora comercial da Sanepar, Emília Belinati, assinaram contrato de 30 anos entre a empresa e o município. O convênio prevê R$ 52,5 milhões em investimento em esgotamento sanitário e R$ 20,5 milhões em sistema de água. “Ficamos 12 anos sem o convênio com a Sanepar. Neste período não houve quase nada de investimentos. Essa renovação é importante para a cidade”, disse Pedro Ivo.

Atualmente a rede coletora de esgoto atende apenas 24% da população de União da Vitória. A meta, até o final do contrato com da Sanepar (em 2043), é cobrir 80% dos domicílios. O prefeito explicou que, desde 2005, a Sanepar mantinha o serviço de abastecimento por meio de decretos, que não contemplavam investimentos pela falta de um contrato vigente. “Foi uma questão política passada, que prejudicou muito o nosso sistema de saneamento básico”, explicou.

ESCOLAS – Beto Richa anunciou a liberação de recursos para a construção de 14 salas de aula, setor administrativo e auditório no colégio estadual São Cristóvão e também para a reforma, construção de oito salas e passarelas no colégio Adiles Bordin. Ambas as obras estão orçadas em mais de R$ 4 milhões.

“Educação é prioridade neste governo e buscamos cada vez mais dar qualidade de ensino aos nossos alunos e valorização profissional aos professores da rede estadual”, disse Richa. Durante a solenidade, ele fez a entrega do micro-ônibus para a Apae de União da Vitória transportar estudantes com deficiência.

SAÚDE E VEÍCULOS – Richa assinou convênio com a Associação de Proteção a Maternidade e a Infância (APMI) para o repasse de recursos por meio do programa HospSus, no valor de R$ 49 mil reais mensais. A associação também ganhou do governo três novas incubadoras.

Outro convênio assinado pelo governador contempla a reforma da UTI do Hospital Regional de União da Vitória, no valor de R$ 1,5 milhão. Richa ainda entregou 12 computadores para oito municípios da região, dos quais três são para União da Vitória. Os computadores serão destinados a hospitais e centros médicos.

O governador entregou também 12 veículos do Programa Pró-Rural, às regionais da Emater dos nove municípios da Associação dos Municípios do Sul do Paraná. Três veículos são para União da Vitória. A cidade também ganhou três viaturas Mitsubishi Amarok, duas para a Polícia Civil e uma para a Polícia Militar.