A Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul prorrogou até o início de maio as inscrições para o projeto Primeira Exportação. O programa assegura consultoria técnica gratuita aos pequenos e médios empresários interessados em entrar no mercado externo. As inscrições podem ser feitas pelo sitewww.seim.pr.gov.br

A prorrogação foi motivada para atrair mais empresas do interior do Estado. Nos próximos dias técnicos da Secretaria vão ampliar os contatos e, inclusive, viajar a algumas regiões para divulgar o programa. Esse é o segundo ciclo do projeto que, na primeira etapa, atendeu 10 empresas de Curitiba e região. O objetivo agora é atender 40 empresas de todas as regiões do Estado.

“Tivemos bons resultados na primeira etapa e queremos, agora, ajudar as empresas, sobretudo do interior e do litoral, a comercializar no mercado externo”, diz o secretário Ricardo Barros. Para dar o suporte às empresas, a Secretaria criou um núcleo de consultas, em parceria com a FAE Centro Universitário. Alunos da instituição elaboram o diagnóstico da companhia e verificam seu potencial exportador.

Empreendimentos de diversos segmentos econômicos e industriais recebem orientações sobre pesquisa de mercado, eventuais adequações do produto, promoção comercial e a parte operacional da exportação.O trabalho dura em torno de 18 meses e é coordenado pelo professor Joaquim Brasileiro, especialista em comércio exterior.

“Temos de criar a cultura exportadora nos micro e pequenos empresários paranaenses. O programa Primeira Exportação utiliza estratégias, programas e sistemas para inserir essas empresas no cenário internacional”, afirma Brasileiro.

O professor cita que, além das vantagens financeiras, o empresário que exporta quebra a dependência do mercado nacional. “As vantagens são inúmeras e nós vamos levar até eles as ferramentas para que isso ocorra”, conclui.