O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, entregou nesta quinta-feira (02) equipamentos no valor de R$ 100 mil para reforçar a estrutura de atendimento do Hospital Pequeno Príncipe de Curitiba. São duas incubadoras (parede dupla), três camas elétricas e dois bisturis eletrônicos que vão qualificar o atendimento infantil do hospital. O Pequeno Príncipe é referência hospitalar infantil para todo o país.

Caputo Neto afirmou que investimentos em hospitais filantrópicos, como é o caso do Pequeno Príncipe, impactam diretamente na qualidade do serviço ofertado na rede pública de saúde. Isso ocorre porque a maior parte dos atendimentos do SUS no Paraná é feita em hospitais mantidos pela filantropia.

“Criamos o programa HospSUS justamente para dar apoio a esses hospitais. Somente neste ano destinaremos R$ 90 milhões em recursos para o custeio e investimentos nessas unidades. Também trabalhamos na capacitação dos profissionais de saúde, garantindo maior segurança e resolutividade nesses serviços”, explicou.

O Hospital Pequeno Príncipe faz parte do HospSUS (programa de apoio e qualificação de hospitais públicos e filantrópicos do SUS no Paraná) e recebe R$ 2,4 milhões ao ano em recursos adicionais do Governo do Estado. Além disso, em fevereiro deste ano, o governador Beto Richa também entregou uma ambulância de remoção para o hospital.