Por Marina Sequinel

Pais, alunos e funcionários envolvidos no projeto se reuniram hoje contra a suspensão anunciada pelo governo. (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

A Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) informou, no fim da tarde desta terça-feira (31), que o serviço de Reeducação Visual, oferecido pelo Centro Regional de Atendimento Integrado ao Deficiente (CRAID), não está suspenso. De acordo com o governo, o atendimento teve “uma pequena paralisação nesta terça devido a um problema administrativo” e a notícia sobre o fechamento das atividades não passou de um ‘mal-entendido’.

Uma nota enviada à imprensa pela Sesa ainda afirma que o serviço deve voltar a funcionar normalmente nesta quarta (1). A informação foi comemorada pelos pais, alunos e funcionários do CRAID. “Eles tiveram que voltar atrás e a Reeducação Visual continua aberta. Essa é uma vitória de todo mundo, a união faz mesmo a força e os pais foram decisivos para esse resultado”, celebrou uma das pessoas envolvidas no projeto.

Os beneficiados pela iniciativa se reuniram hoje para para protestar contra o fechamento do serviço, anunciado na semana passada pelo governo do Paraná, segundo a diretoria do órgão. A decisão prejudicaria 297 pessoas matriculadas, entre crianças, adultos e idosos. A situação foi acompanhada pela Banda B durante a manhã.

As atividades no CRAID são disponibilizadas por meio de uma parceria entre a Secretaria Estadual da Educação e da Saúde e funciona há 32 anos. “As professoras fazem o trabalho gratuito com os pacientes que têm baixa visão, para estimulá-los e melhorar a qualidade de vida deles. Nós já temos 297 matrículas para começar no dia 15 de fevereiro. Na semana passada, no entanto, o governo informou que não teria renovação do convênio e nos pegou de surpresa”, disse a diretora do Centro, Ane Nascimento, em entrevista à reportagem na manhã de hoje.

O CRAID, que é direcionado para a assistência ao bebê de risco e portadores de deficiências, funciona na Rua do Rosário, número 144, no Centro de Curitiba.

Notícia relacionada