A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná informou nesta quarta-feira (16) que 2.346 dos 2.489 presos do regime semiaberto que ganharam liberdade temporária para as festas de Natal e Ano-Novo retornaram aos respectivos estabelecimentos penais. Encerrado o prazo dado pela Justiça, 143 deles não retornaram e são considerados foragidos.

Esse total significa 5,3% de evasão dos que ganharam liberdade temporária nesse final de ano. “A porcentagem é próxima à do ano anterior, quando 5,2% dos presos não retornaram às respectivas unidades”, explica Maurício Kuehne, diretor geral do Departamento de Execução Penal do Paraná (Depen). Em dezembro de 2011, ganharam liberdade temporária 2.429 presos e 127 deles não retornam às unidades penais.

Os presos cuja liberdade foi autorizada pelo Poder Judiciário são detentos de 13 unidades penais do Estado. As liberações variaram de três a 12 dias, de acordo com a situação de cada detento, entre 17 e 31 de dezembro. Os presos que tiveram maior tempo de liberdade deveriam ter retornado segunda-feira (14).

A partir de agora, cada diretor de estabelecimento penal informará oficialmente os nomes dos presos foragidos ao Poder Judiciário, que tomará as providências. “O mais comum nesses casos que é seja expedido novo mandado de prisão”, reitera o diretor do Depen.