O Governo do Estado vai destinar R$ 4,2 milhões para o combate a dengue em 32 municípios do Norte e Oeste do Paraná. Este recurso é parte dos R$ 30 milhões do programa VigiaSus (Programa de Qualificação da Vigilância em Saúde) que será lançado no mês que vem, pelo governador Beto Richa. Nesta semana, equipes da Defesa Civil do Paraná serão deslocadas para os municípios em situação mais crítica para ajudar na mobilização da população e dar apoio ao trabalho dos agentes comunitários de endemias.

O Paraná tem cinco municípios em situação de epidemia: Paranavaí, Japurá, Peabiru, São Carlos do Ivaí e Fênix. Além destes, vão receber a ajuda financeira os municípios com maior incidência (total de casos confirmados por 100 mil habitantes) e maior índice de infestação do mosquito Aedes aegypti. “O VigiaSus vai fortalecer as ações de vigilância em saúde, com investimentos em capacitação, equipamentos e recursos para o custeio de ações nos municípios, inclusive para o combate à dengue e outras endemias”, explicou o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto.

O superintendente de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, Sezifredo Paz, explica que no combate à dengue, os municípios poderão usar a antecipação de recursos para a contratação emergencial de agentes de endemias, custeio de despesas com combate ao mosquito e compra de equipamentos de proteção individual (EPI), além da aquisição de testes rápidos para o diagnóstico da doença, entre outras ações. “A situação da dengue no Estado é preocupante, por isso é importante que os municípios apliquem bem este recurso”, disse.

NÚMEROS – De acordo com o informe divulgado nesta segunda-feira (21) pela Sala de Situação da Dengue, desde agosto do ano passado até sexta-feira (18) foram confirmados 1.269 casos de dengue e notificados 7.668. Paranavaí, no Noroeste do Estado, está em situação de epidemia, pois tem 245 casos confirmados e 519 notificados. O município também registrou o primeiro caso autóctone (infecção ocorrida no município) de dengue tipo 4. “Com a chegada do novo sorotipo aumentam os riscos de infecções graves por dengue em regiões onde já houve situação de epidemia”, destaca o superintendente.

Municípios que terão antecipação do VigiaSus : Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Cafelândia, Capitão Leônidas Marques, Cascavel, Campo Mourão, Fênix, Mamborê, Peabiru, Japurá, Amaporã, Paranavaí, São Carlos do Ivaí, Astorga, Maringá, Alvorada do Sul, Assaí, Cambé, Florestópolis, Ibiporã, Jaguapitã, Jataizinho, Londrina, Miraselva, Porecatu, Prado Ferreira, Rolândia, Sertanópolis, Palotina, Santa Helena, Toledo.