Foto: Exército da Colômbia/EFE/Reprodução Agência Brasil

Autoridades locais elevaram para 193 o número de mortos depois que chuvas intensas atingiram a cidade de Mocoa, a 350 mil quilômetros da fronteira da Colômbia com o Equador. Ainda segundo o governo, outras 400 pessoas foram feriadas e centenas ainda estão desaparecidas.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, declarou estado de emergência na cidade. Equipes de resgate ainda continuam no local.

A forte chuva provocou uma avalanche de água e lama, transbordando os rios. Segundo sobreviventes, os prédios tremeram e a tragédia ocorreu durante a madrugada, assim poucas pessoas conseguiram fugir.

Santos chegou à região neste sábado e alertou que o número de vítimas pode aumentar, a medida que a busca por sobreviventes continua.