O governador Beto Richa anunciou nesta sexta-feira (22/03), em Foz do Iguaçu, durante o Encontro dos Gestores Públicos do Esporte do Paraná, três medidas que o governo irá tomar para valorizar e incentivar o esporte no Estado. A primeira é o repasse mensal de até R$ 4 mil para garantir as estruturas mínimas das federações esportivas do Estado a partir de 2014.

A outra ação é a melhora da diária paga aos árbitros paranaenses. A proposta é que até 2014 todos os árbitros que atuarem em competições oficiais receberão R$ 200 por dia. Atualmente, o valor pago é de R$ 150,00. Além disso, será criado um programa para incentivar a atividade esportiva e de lazer nos municípios que tenham menos de cinco mil habitantes. O Estado entrará com os materiais e a capacitação profissional.

“Não temos medido esforços para apoiar e fortalecer o esporte no Paraná. Temos o compromisso de proporcionar programas e estruturas físicas necessárias para garantir o esporte a todos os paranaenses”, disse Beto Richa. O governador afirmou que o governo estadual tem adotado medidas para ampliar a prática esportiva nas escolas, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos alunos e o desenvolver futuros atletas no Paraná.

Como exemplo, Richa citou a ampliação do tempo das atividades esportivas no contraturno das escolas. A partir de abril, a Secretaria da Educação vai aumentar o número de aula de educação física na rede estadual, que passam de três 3.000 para 4.500 horas semanais. Inicialmente, a medida atenderá a 900 escolas.

A iniciativa significa um investimento de R$ 2,5 milhões a mais por mês na modalidade. “O rendimento escolar dos nossos alunos pode ser muito maior com a prática esportiva. Sabemos o quanto o esporte contribui para a boa formação das pessoas, no aspecto educativo, de saúde e socialização. Temos vários programas voltados ao esporte, que continuaremos ampliando e aprimorando”, disse o governador.

No ano passado, o Estado criou o Paraná Saudável, programa que busca reduzir o índice de obesidade em jovens estudantes, do ensino fundamental ao médio, nas escolas da rede pública. O programa beneficia cerca de 1,9 milhão de alunos.

AVANÇOS – Richa lembrou, ainda, da criação do programa Talento Olímpico Paranaense (TOP 16), que paga uma bolsa-auxílio com o objetivo formar atletas para disputar as Olimpíadas de 2016. No primeiro ano de criação, foi concedido auxílio financeiro para 250 atletas. No ano passado, foram atendidos mil atletas e neste ano são beneficiados 1.500 atletas e técnicos.

O governador afirmou ainda que desde o ano passado está sendo discutida a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, que garante que R$ 25 milhões sejam destinados a atletas, por meio de apoios e patrocínios. O Paraná é o nono Estado brasileiro a ter uma legislação de incentivo ao esporte.

De acordo com o secretário de Esporte, Evandro Rogério Roman, o orçamento da pasta em 2013 chega a R$ 100 milhões. No primeiro ano de gestão, o orçamento era de apenas R$ 7 milhões. “O esporte é investimento e não despesa. O esporte é hoje levado a sério no Paraná”, afirmou. Em discurso, ele citou os avanços do setor nos últimos anos e destacou o esforço do governo em se aproximar dos municípios para fomento do esporte.

“Esse encontro aqui em Foz do Iguaçu tem o objetivo de mostrar aos municípios os nossos programas e as exigências para que eles se enquadrem. Podemos dizer que 70% das duvidas foram resolvidas aqui”, afirmou.
Reni Pereira, prefeito de Foz do Iguaçu, classificou o evento como primordial para o desenvolvimento de políticas públicas que valorizam o esporte. “O Paraná faz história referenciando o esporte como uma política de Estado”, avaliou.

COMPETIÇÕES – Além dos programas de incentivo à prática esportiva, o governador ressaltou a criação de competições de âmbito estadual. É o caso dos Jogos Escolares do Paraná, maior evento escolar da América Latina, que reúne cerca de 100 mil estudantes, além de professores e treinadores.

Richa citou os Jogos Abertos do Paraná, Jogos Paradesportivos, Jogos Universitários e os Jogos da Juventude, que têm a participação de milhares de atletas em 17 modalidades. Para apoiar os municípios, o governador oficializou três competições regionais: Jogos Abertos do Vale Do Ivaí, Jogos Abertos do Cantuquiriguaçu e Jogos Abertos do Norte do Paraná.

ENCONTRO – O objetivo do encontro de gestores é profissionalizar a gestão do esporte no Estado, dotando prefeitos, técnicos e secretários municipais das ferramentas mais modernas da administração pública no setor, além de troca de experiências e relatos de projetos esportivos bem sucedidos. Mais de 600 gestores públicos se inscreveram para o encontro, superando as expectativas da Secretaria do Esporte.

O secretário para assuntos da Copa do Mundo, Mário Celso, fez uma apresentação sobre as vantagens que o evento esportivo trará aos municípios paranaenses. Esteve presente ainda no encontro o deputado estadual André Bueno.