Da Polícia Civil

Investigadores do Grupo de Diligências Especiais (GDE) da Polícia Civil de Cascavel elucidaram um roubo em que as vítimas foram mantidas reféns pelos criminosos. Todos os envolvidos foram presos em flagrante. Para a surpresa das vítimas, uma jovem de 18 anos é quem tramou o crime contra os próprios familiares. A garota identificada como Karla Cristina da Silva é prima de um dos moradores da casa.

roubos

(Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

A ação policial ocorreu em mais uma etapa da Operação “Expresso PC”, iniciada no dia 8 de abril. Segundo o delegado-operacional, Edgar Dias Santana, foram presos Karla Cristina da Silva, Roberson Rossi, 20, Everton Izidoro 18, e apreendido um adolescente de 17 anos. As prisões foram realizadas no final da tarde de sexta-feira, 16 de maio.

Ao invadirem a residência localizada no Bairro Maria Luiza, os acusados fizeram os moradores reféns e iniciaram o roubo de uma série de objetos. Não satisfeitos, os rapazes se apoderaram dos cartões de crédito das vítimas e realizaram diversas compras, além de saques em dinheiro.

Durante a investigação, os policiais conseguiram imagens de segurança de uma loja onde compras foram realizadas. Pelas imagens, as vítimas reconheceram os assaltantes e se surpreenderam ao perceber que Karla Cristina da Silva estava na companhia deles. Ao ser localizada, a jovem confessou a participação no crime e acabou delatando os demais envolvidos.

No decorrer das prisões, foram apreendidas 19 porções de cocaína, prontas para a comercialização. “Entendemos que a situação de tráfico de drogas ficou configurada. Por este motivo, houve a autuação em flagrante também por esta modalidade de crime”, completa o delegado.