Da Redação

(Foto: Reprodução/Facebook)

Com a presença do prefeito Rafael Greca (PMN), a administração de Curitiba marcou para as 17h30 desta quinta-feira (23) uma reunião com o Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac). Em assembleia, a categoria retomou a greve nesta terça (21), depois que nenhuma proposta foi feita por parte da prefeitura.

Nesta manhã, os servidores se reuniram em frente à Câmara Municipal (CMC) para reivindicar a implantação do plano de carreira e a contratação de novos professores, que são os principais itens em pauta. Eles também fizeram pressão para que os parlamentares recusem qualquer proposta que prejudique a categoria.

Com o agendamento da reunião, o Sismmac espera que a gestão municipal abra as negociações com os servidores. Apesar do encontro, a mobilização deve continuar às 18h, no Jardim Botânico.

Inicialmente, em nota, a prefeitura de Curitiba informou a implementação do Plano de Carreira, bem como a contratação de novos professores, dependerão da implantação das medidas de ajuste fiscal que serão encaminhadas à CMC nos próximos dias.

Balanço

A Secretaria Municipal da Educação informou que 129 das 185 escolas municipais funcionaram normalmente na tarde desta quinta-feira. Outras 22 fazem atendimento parcial e 34 escolas não funcionam.

“A secretaria orienta os pais dos alunos das escolas municipais para que entrem em contato com as unidades e levem os filhos às aulas quando houver professores. Caso tenham dúvidas, também podem entrar em contato com o núcleo regional de ensino da sua região. Para garantir o atendimento, a secretaria está fazendo remanejamento dos profissionais, de forma que os alunos que compareçam às unidades não fiquem sem aula”, finalizou a nota da prefeitura.