Por Dionísio Filho

Após a vitória do Paraná Clube contra o time do Boa Esporte por 3×1, quando o treinador Dado Cavalcante foi para  entrevista coletiva, esperava-se que ele falasse da grande apresentação da equipe pela qual responde em campo. Afinal, o Tricolor está entre os quatro melhores da competição.

O assunto, entretanto, foi bem diferente. Quando todo mundo pensava que ele fosse falar sobre o desempenho do time, ele enveredou a conversa para outra questão: atraso de salário. A boa atuação naquele jogo não foi suficiente para evitar a cobrança aos dirigentes do Paraná sobre os salários atrasados dos jogadores e também dos funcionários do Clube.

Nada a ver? Não! Tudo a ver. Acredito que ele tenha tomado uma atitude correta. Ora, todos sabem a pressão que recebem os técnicos, principalmente, no futebol brasileiro, se o time cai de produção. O torcedor não quer nem saber se os salários estão sendo pagos em dia. Então, caro leitor, o Dado Cavalcante demonstrou uma personalidade firme, ao dividir o problema com a comunidade esportiva, iniciativa que aumentou ainda mais o respeito dos atletas para com ele.

Depois dessa entrevista, ficou a expectativa para o jogo contra a Chapecoense , sensação do campeonato na série B: como o time reagiria em decorrência do problema apresentado?

Quando a bola rolou, a equipe de Vila Capanema soube conter a volúpia dos catarinenses que tinham mais posse de bola. Quem, no entanto, balançou as redes inicialmente foi o Tricolor que fez 1×0 com o atacante Reinaldo. E o primeiro tempo só ficou no placar mínimo, por erros nas finalizações.

Na fase final, aos trinta e um minutos, quando Paulo Sérgio fez o segundo, tudo levava a crer que a vitória não escaparia. E não é que escapou? O vacilo da defesa paranista, porém, permitiu o empate com dois gols do atacante Bruno Rangel. Resultado ruim para o time de Vila Capanema pela maneira como os gols adversários aconteceram.

Caso sirva de consolo, vai aqui uma afirmação procedente: o Paraná Clube demonstrou que tem condições de encarar qualquer adversário desta competição. E pronto!

Quanto ao próximo adversário, o Esporte Recife, em Vila Capanema, cravo coluna um. É isso.