O novo papa da Igreja Católica foi eleito nesta quarta-feira, segundo dia do conclave cardinalício.A fumaça branca que saiu da chaminé instalada na Capela Sistina anunciou ao mundo que já há o sucessor de Bento XVI, o que foi recebido com uma explosão de júbilo pela multidão que esperava sob chuva na Praça de São Pedro.

Os 115 cardeais demoraram pouco mais de 25 horas para escolher o sucessor de Bento XVI. A rapidez na eleição manteve a tônica das últimas décadas, nas quais nenhuma superou as 11 votações.

Pio XII foi eleito com três votações e em menos de 24 horas; João Paulo I com quatro; Bento XVI com quatro; Paulo VI com cinco; João Paulo II com oito; e João XXIII, com 11.