Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira

Os frentistas de postos de gasolina de todo o Paraná podem entrar em greve a partir da próxima quarta-feira (10). Em entrevista à Banda B, o presidente do Sindicato dos Frentistas de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral (Sinpospetro), Laírson Senna, afirmou que o indicativo de paralisação já foi aprovado pelas regionais da capital, Cascavel e Ponta Grossa, restando o último que representa Londrina e Maringá.

“Infelizmente não houve acordo e não podemos aceitar essa proposta indecente de 7,16%. Hoje o salário do trabalhador está em média em R$ 769,24, o que já é baixo para alguém solteiro, imagine para um pai de família”, comentou.

Segundo Senna, uma nova assembleia está marcada para o próximo dia 9 às 20h e, caso uma nova proposta não chegue, a categoria estará em greve a partir do dia 10. “O sindicato patronal já foi avisado e uma carta será escrita para a população, mas é isso, caso o acordo não chegue, os postos estarão fechados por tempo indeterminado”, concluiu.

A Banda B entrou em contato com o presidente do Sindicombustíveis, Roberto Fregonese, mas até o fechamento desta reportagem ele não havia atendido as ligações.