Por Luiz Henrique de Oliveira e Geovane Barreiro

Por unanimidade, os frentistas do Paraná aceitaram a proposta da classe patronal, durante assembleia na noite desta terça-feira (9), e a greve está descartada. A informação foi dada em primeira mão à Banda B pelo presidente do Sindicato dos Frentistas de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral (Sinpospetro), Laírson Senna.

“Por unanimidade foi aprovada a proposta e a greve, que seria inédita, foi descartada. A categoria agora terá o maior cartão alimentação da categoria no Brasil, com reajuste de 21%. No salário, o reajuste será de 8,5%”, afirmou Senna.

As assembleias aconteceram de maneira simultânea em várias cidades paranaenses. “Foi uma grande vitória de toda a nossa categoria”, concluiu.