Por Redação

A Frente de Luta pelo Transporte de Curitiba realizará no próximo dia 2 de Julho (Terça-Feira) o sexto ato pela redução da tarifa de ônibus, com concentração às 18h na Boca Maldita. Esse ato terá como eixos a redução imediata e o congelamento da tarifa de ônibus para R$ 2,60, e a ‘’domingueira’’ para R$ 1,00, além da abertura das contas da URBS e dos contratos com as empresas de ônibus, passe-livre estudantil, e a defesa do tarifa-zero. A expectativa do grupo é levar 20 mil pessoas as ruas de Curitiba

“Alertamos que apesar do anuncio feito pela Prefeitura, de diminuição da tarifa para 2,70, e um indicativo de abertura de contas do transporte coletivo, a Frente continuará nas ruas exigindo que as pautas exigidas pela população sejam atendidas. Entendemos que a Prefeitura deve retirar o subsídio da tarifa do bolso dos empresários e não do próprio poder público como anunciado e muito menos atribuir o encargo aos usuários”, disse o grupo por meio de nota enviada à imprensa.

“Reiteramos que essa manifestação terá um caráter apartidário, e não anti-partidário, pois como divulgado por esta Frente, em nota oficial veiculada nas redes sociais, defendemos o direito a livre organização e liberdade de expressão à partidos políticos e movimentos sociais, estudantis e sindicais. Afirmamos que a Frente repudia qualquer ato que venha a depor contra nosso movimento, e a violência policial contra manifestantes”, concluiu a nota.

A Frente do Transporte também divulgou outros atos apoiados pela organização

27/06 – 9h: A Frente estará presente na sede da URBS para acompanhar o relatório final da análise dos documentos referente a prestação de contas do transporte coletivo  – Falar com Gabriel Araújo Carriconde (telefone abaixo)
12h: Dia de lutas da classe trabalhadora – No pátio da reitoria da UFPR – Organização: CSP-Conlutas e Sinditest/PR

28/06 – 9h: Entrega da Carta da Frente para a CPI do Transporte – Câmara Municipal de Curitiba
Obs. Estaremos entregando no mesmo dia uma carta para a prefeitura exigindo renegociação com a Frente, e para o Ministério Público. Divulgaremos os horários até o a sexta.18h: Atividade de formação da Frente de Luta: ‘’O que é Tarifa-Zero?’’, com o Professor Lafaiete Santos Neves – Anfi100, Reitoria da UFPR

29/07 – 10h: Ato em defesa das organizações da classe trabalhadora e mobilização popular – Organização: Plenária Popular do Transporte

01/07 – 18h: Assembleia do Transporte – Local à divulgar* – Organização: Frente de Luta

02/07 – 16h: Oficinas de cartazes para o VI Ato – Boca Maldita