O município de Francisco Beltrão recebe na próxima quarta-feira (08) a mostra itinerante “A Guerra do Contestado” organizada pelo Museu Paranaense. Esta é mais uma ação do programa Museus Paraná, que realiza exposições itinerantes em todo o Estado, além de ministrar cursos e visitas técnicas aos museus dos municípios paranaenses. A exposição fica em cartaz até 6 de junho na Associação de Estudos, Orientação e Assistência Rural (Assesoar – Av. General Osório, 500). A entrada é gratuita.

A Guerra do Contestado foi um conflito social que envolveu a população sertaneja e tropas militares, entre os anos de 1912 e 1916, com um saldo de aproximadamente 20 mil mortos e milhares de feridos.

A construção da Estrada de Ferro São Paulo – Rio Grande do Sul, pela empresa Brazil Railway Company, e a exploração madeireira da Brazil Lumber and Colonization provocaram a expropriação das terras ocupadas pela população sertaneja, em região disputada entre os governos do Paraná e Santa Catarina, origem da revolta que explodiu em uma guerra civil.

A exposição aborda as causas do conflito, mostrando imagens de personagens que morreram na batalha, como o “monge” José Maria e o comandante João Gualberto, além de retratar o clima social e a religiosidade intrínseca do caboclo. Completa a exposição um uniforme das tropas do governo que enfrentaram homens do campo.

Serviço

Exposição “A Guerra do Contestado”

Abertura: 8 de maio, às 9 horas, com visita guiada pelo diretor do Museu Paranaense, Renato Carneiro.

Período: até 6 de junho de 2013

Local: Associação de Estudos, Orientação e Assistência Rural (Assesoar) – Av. General Osório, 500, Cango – Francisco Beltrão

Entrada gratuita