A Fomento Paraná, instituição financeira controlada pelo Governo do Estado, depositou nesta sexta-feira (5) a segunda parcela do financiamento do programa ProCopa Arenas para as obras de reforma e ampliação do Estádio Joaquim Américo, para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 em Curitiba.

O valor depositado na conta corrente da CAP S.A., que gerencia as obras na Arena da Baixada, é de R$ 32,7 milhões. O dinheiro foi liberado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), após a confirmação do cumprimento do cronograma físico e financeiro da obra, que alcançou a marca de 30,7%, aferida em relatório da auditoria PriceWaterhouseCoopers, contratada pela Fomento Paraná.