O presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho, a Diretoria Executiva e os colaboradores da instituição assinaram nesta terça-feira (2) a versão 2013 dos Contratos de Gestão. O documento estipula as macrometas da instituição para o período e define metas e marcos de acompanhamento das atividades de todos os colaboradores para atingir esses objetivos.

A Fomento Paraná trabalha para ter pelo menos uma operação ativa, do setor público ou do setor privado, em cada um dos 399 municípios paranaenses: aplicar R$ 102 milhões em novas operações com o setor privado; e R$ 450 milhões em operações com o setor público, para chegar a R$ 1,1 bilhão até o fim de 2014.

“Os contratos de gestão são parte de uma cultura administrativa de excelência que o governador Beto Richa implantou em Curitiba, quando prefeito, e que hoje permeia o Plano de Governo. Mesmo sendo uma empresa de economia mista, a Fomento Paraná e seus colaboradores estão alinhados com este conceito e seus objetivos para o sucesso desta administração”, afirma Barbosa.