O secretário de Estado da Educação e vice-governador, Flávio Arns, recebeu nesta sexta-feira (8), a diretoria da APP-Sindicato, para debater reivindicações da categoria. Dos três principais temas centrais, a Secretaria já atendeu a reivindicação de promoção na carreira para os funcionários da rede estadual. Os demais, hora-atividade e reajuste, serão aprofundados em outras reuniões.

“Nosso diálogo é permanente e sempre será esse o caminho. Alguns itens precisam de mais detalhamento, pois envolvem orçamento e até argumento pedagógico para a sociedade entender que sairá ganhando nesse processo”, afirmou Arns.

O secretário informou aos diretores da APP que será encaminhada à Assembleia Legislativa nova proposta de alteração na lei 123 que inclui o direito a promoções na carreira de agentes educacionais 1 e 2. A medida garante que agentes com graduação e pós-graduação tenham até três promoções na carreira. “É um grande passo, que valoriza e estimula os funcionários”, declarou o deputado estadual, José Rodrigues Lemos.

Durante a reunião, os sindicalistas reconheceram os avanços para a categoria como a equiparação salarial do magistério ao de técnicos de nível superior do estado, diferença que era de 26%. Em menos de dois anos, o governo concedeu aumentos salariais que somam 34,85% para professores e pedagogos. A distribuição de aulas já incorpora aumento da hora-atividade para os professores, com a redução de 16 para 15 aulas semanais.