A Prefeitura de Curitiba, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros marcaram para esta quinta-feira (31), sexta (1º) e sábado (2) uma ação integrada de fiscalização das casas noturnas de Curitiba.

Durante o período noturno, os fiscais dos órgãos citados irão visitar locais selecionados, sem divulgar quais. Serão verificadas questões de documentação (alvarás), segurança (saídas de emergência, extintores, gás), higiene (conservação de alimentos, banheiros), meio ambiente (poluição sonora), entre outras.

“Faremos uma fiscalização para ajudar e orientar os donos dos estabelecimentos. A abordagem será tranquila e transparente, com muito respeito ao cidadão”, afirmou o secretário municipal de Urbanismo, Reginaldo Cordeiro, que organizou a ação conjunta.

Na tarde desta quarta-feira (30), o secretário participou de uma reunião na Abrasel-PR (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Seção Paraná) e confirmou aos empresários do setor o caráter não punitivo da ação. Segundo Cordeiro, serão dados prazos para os responsáveis corrigirem os problemas levantados. Somente em casos gravíssimos deverá ocorrer o fechamento do estabelecimento.

“Como foi solicitado pelo prefeito Gustavo Fruet, com essa ação estaremos dando uma resposta e tranquilizando a população curitibana sobre a segurança dos locais que frequentam”, confirmou.

Cordeiro informou, ainda, que a ação integrada de fiscalização da prefeitura também será feita futuramente não somente em casas noturnas, mas também em imóveis e estabelecimentos nos quais haja aglomeração de pessoas, como igrejas, teatros e cinemas.