Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira 

WAGNER

filho-reencontra-mae-110913-bandab

Foto: Luiz Henrique de Oliveira – Banda B

A tarde desta quarta-feira (11) foi emocionante para uma família em Curitiba. A Fundação Social da cidade (FAS) promoveu o reencontro do filho com a mãe, depois de 12 anos que eles estão separados. A dona Clarice estava desaparecida desde 2001, e os familiares nunca perderam a esperança de revê-la.

Clarice procurou ajuda da fundação em fevereiro deste ano. Segundo a coordenadora da FAS, Sueli Cortiano, a busca pelos parentes da idosa não foi fácil, já que ela sofre de deficiência intelectual. “A dona Clarice estava bem confusa quando saiu de casa há 12 anos. Depois disso, ela simplesmente desapareceu. Quando a encontramos, ela não conseguia dar nenhuma informação”, explicou à Banda B.

Segundo Sueli, a FAS procurou o instituto de identificação para buscar por Clarice, mas nenhum registro foi encontrado no Paraná. Uma técnica do instituto verificou, então, que ela aparecia na lista de desaparecidos de São Paulo. A delegacia do estado localizou o paradeiro da senhora. “Essa é uma segunda chance para Clarice, para a família e, principalmente, para o filho, Wagner. Esse é um trabalho muito importante que nós fazemos”, completou a coordenadora.

Wagner não conseguiu conter as lágrimas ao reencontrar a mãe. “Para mim é uma vitória. Eu sofri muito por ser criado sem a minha mãe e, agora, a única coisa que eu quero é cuidar dela, para compensar todo esse tempo perdido. Quero mostrar os netos para ela, que ela nem sabe que tem, e deixá-la bem feliz. Agora eu vou é parar de falar com vocês e só ficar com minha mãe”, falou emocionado. (Ouça o ícone de áudio acima)