Do Portal Extra

A dor dos familiares de jogadores, comissão técnica e jornalistas brasileiros vítimas do voo com a Chapecoense, na Colômbia, é algo imensurável. Muitas crianças ficaram órfãs, como é o caso do pequeno Bernardo, de dois anos e dois meses. O menino era o único filho do lateral-esquerdo Dener, que faleceu na madrugada do dia 29 de novembro, na queda do avião da LaMia, quando o Verdão do Oeste iria jogar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Pela primeira vez, o garoto quis saber onde estava o pai.

A mulher do jogador, Amanda Machado, contou o ocorrido em seu perfil em redes sociais. No relato, a jovem mostra a angústia que foi segurar as lágrimas e responder ao questionamento do garoto. Confira a postagem:

Então a temida pergunta veio … ” MAMAE O PAPAI?! ” Fui forte como me pediu meu amor , respirei fundo , mesmo meu chão tendo ido embora dos meus pés, e disse : ” PAPAI FOI PARA UMA VIAGEM MUITO LONGA !” … ele sorrindo disse: “Não mamãe , papai ta aqui! ” . E assim , acaba meu DECIMO SETIMO dia sem você aqui ! Saudade ta doendo ! Te amo ❤️ @denerassuncao

Uma foto publicada por 🙋🏾Amanda Machado (@amandabraz16) em


Leia mais: http://extra.globo.com/esporte/filho-do-lateral-dener-pergunta-pela-primeira-vez-sobre-pai-vitima-de-voo-da-chapecoense-20659344.html#ixzz4T1URlUsQ