Da Redação

(Fotos: Juliano Cunha – Banda B)

A Feira do Peixe Vivo de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, é uma tradição na semana santa. O evento, que começou ontem (16), vai até as 21h desta quinta-feira (17). Durante os dois dias de feira, o consumidor pode levar para a casa o pescado vivo ou já limpo.

Organizada pela Prefeitura em parceria com a Emater-PR, o evento tem a intenção de promover o incentivo à piscicultura do município. O evento acontece na Rua Veríssimo Marques, na Praça do Verbo Divino.

São comercializados por seis produtores locais mais de 10 mil quilos de peixe, entre as espécies tilápia, bagre jundiá e carpa-capim. Os preços são mais acessíveis que os  oferecidos pelo mercado convencional. Em média, o quilo do pescado terá o custo de R$ 10,50. O consumidor pode escolher levar o peixe limpo para a casa, pagando uma taxa de R$ 1,50 a mais.

Daniella Setim, secretária de Agricultura e Abastecimento, ressaltou a importância da 22ª edição do evento. “O que apresentamos aqui é mais do que a comercialização de peixes. Nós queremos promover a integração dos produtores com a população, que pode levar para a casa produtos de qualidade”, afirmou ela.

A Feira do Peixe Vivo é o encerramento de um ciclo feito pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Os pescados comercializados são resultado de um programa de incentivo da Prefeitura aos pequenos produtores, que todo ano recebem um subsídio para a aquisição de alevinos.

Na feira, o consumidor poderá encontrar também uma praça de alimentação. Além disso, o Laboratório de Bem Estar Animal da UFPR (LABEA-UFPR) participa da feira com orientações sobre o abate humanitário. “Quando evitamos o stress do peixe na hora da morte, o tempo que ele fica exposto na prateleira é menor. Levando o peixe já sem vida para a casa, o sofrimento dele diminui, e a qualidade da carne não é comprometida”, explica o médico veterinário, Santiago Rucinque.

Serviço

Local: estacionamento da Praça do Verbo Divino, Centro, São José dos Pinhais.

Data: 16 e 17 de abril.

Horário: a partir das 9 horas.