Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

shay

Jovem foi socorrida ao Hospital Evangélico e ficou internada na UTI por dois dias. Foto: Reprodução Facebook

A farmacêutica Shayenne de Castro Santos, 24 anos, não resistiu aos ferimentos do acidente e morreu durante a madrugada deste domingo (1º), no Hospital Evangélico, em Curitiba. Shayenne foi atropelada por um biarticulado no fim da tarde de sexta-feira (30) próximo a Praça do Japão. O corpo dela foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) às 10h25.

De acordo com os socorristas do Corpo de Bombeiros, o estado de saúde da jovem era gravíssimo no local do acidente, com traumatismo craniano, fraturas e inconsciência durante o atendimento. Testemunhas relataram que a jovem atravessava da Avenida Sete de Setembro quando foi colhida pelo biarticulado.

Internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a jovem, que tinha um dos tipos mais raros de tipagem sanguínea – O com fator Rh negativo – mobilizou uma rede de amigos no auxílio a doação de sangue. Com o impacto do atropelamento, Shayenne teve lesões graves no fígado e precisou de transfusões.

Ela não resistiu e faleceu nessa madrugada. Amigos e familiares prestam homenagens a Shayenne por meio da rede social. O local do velório e sepultamento ainda não foi divulgado.