O pai de duas alunas da Escola Municipal Anna Hella no bairro Vista Alegre, em Curitiba, esteve nos estúdios da Banda B na tarde desta terça-feira (26) com um abaixo-assinado pedindo o retorno de um guarda municipal fixo para a instituição. De acordo com Ismael Santos, a escola sempre teve apoio da Guarda, mas este ano acidentes ocorreram devido à falta de segurança.

“O guarda que estava na escola no ano passado era muito bom e cuidava muito bem das nossas crianças, mas desde que os alunos voltaram as aulas, não sentimos mais segurança, nós queremos sentir tranquilidade ao mandar nossos filhos para as aulas”, disse.

Ao todo, o documento conta com mais de 300 assinaturas e já foi entregue à Prefeitura da capital.

A Banda B entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Curitiba que informou que a Guarda Municipal passa por problemas de efetivo neste começo de ano, já que muitos policiais passaram em outros concursos e deixaram a corporação. No ano passado eram 1,7 mil guardas, enquanto neste início de ano são 1,5 mil, sendo que 79 estão sob atestado médico. Então foi feito um remanejamento da corporação para as escolas com maior fluxo de trânsito.

Por considerarem a rua em frente a Escola Ana Hella, rua José Hella, menos movimentada, um guarda rondante está sempre próximo e sempre que a direção necessita, ele se encaminha até o local. A segurança da escola é feita por uma empresa terceirizada, assim como as outras escolas do município.