A exposição “Pantaneira – Fotos de Julio Covello, registra diversos aspectos do ecossistema do pantanal mato-grossense, e pode ser vista na Biblioteca Pública do Paraná. A mostra abre às 17h de quinta-feira (2) e faz parte do programa de exposições itinerantes da Secretaria de Estado da Cultura, denominado Museus Paraná. A entrada é grátis.

As imagens das margens paraguaias e brasileiras do Rio Paraguai e da população que ali vivia em 1984 foram captadas pelo fotógrafo paranaense Julio Covello, que percorreu a região em companhia do jornalista Ewaldo Schleder. O material foi doado pelo autor para o acervo do Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) e só havia sido exposto em Atenas, Grécia, na época da captação das imagens, e parcialmente publicado na revista Panorama.

Nos últimos 30 anos a região do Mato Grosso do Sul e arredores sofreu grandes transformações por conta da agropecuária e das atividades voltadas ao turismo. Nessas fotos, o olhar sensível de Covello se volta para aspectos humanos e paisagísticos pouco conhecidos no restante do país, e formula um original ensaio poético sobre lugares e pessoas do universo pantaneiro mato-grossense.

Serviço:

Exposição “Pantaneira – Fotos de Julio Covello”

Abertura: 02 de maio, às 17h, com visita guiada de Julio Covello e Ewaldo Schleder.

Período expositivo: até 31 de maio de 2013.

Local: Biblioteca Pública do Paraná (Rua Cândido Lopes, 133 – 2º andar. Curitiba).

Horário de visitação: segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 às 20h; aos sábados, das 8h30 às 13h.

Entrada gratuita.