Da Redação

Morreu nesta quarta-feira (31), aos 91 anos, o ex-govenador Jayme Canet Júnior. Eleito governador do estado pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), ocupou o cargo entre os anos 1975 e 1979. Até o momento, a causa da morte não foi divulgada.

Reprodução

Reprodução

Jayme Canet fundou ainda o Partido Popular, que acabou sendo absorvido pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

O velório irá acontecer no Palácio Iguaçu, a parir das 8 horas de quinta-feira (1), e o enterro no Cemitério Municipal, às 17h.

O governador Beto Richa decretou luto oficial de três dias. Confira a nota na íntegra:

Lamento profundamente o falecimento do ex-governador Jayme Canet Júnior, ocorrido nesta quarta-feira (31). Decretei luto oficial no Estado pelo período de três dias.

Um dos mais realizadores na história do Paraná, o governo de Canet (1975-1979) lançou as bases para a implantação da moderna infraestrutura de transporte do Estado, com a pavimentação de milhares de quilômetros de rodovias em todo o território paranaense.

Íntegro, dinâmico e austero, Jayme Canet contribuiu para o nosso processo de transição de um Estado essencialmente agrícola para uma economia industrial.

Participou ativamente da redemocratização, ao apoiar a candidatura vitoriosa de meu pai, José Richa, ao governo do Estado nas eleições de 1982.

Canet foi um estadista na acepção plena da palavra, exemplo e referência para todos os que o sucederam no Palácio Iguaçu.

Quero expressar meus mais sinceros sentimentos à família do ex-governador por seu falecimento.